Untitled 02

Untitled 02.png

Advertisements

Untitled 01

Untitled 01 3.png

Sem Título 71-80

Sem título 71

Sem título 72Sem Título 73 1Sem título 74 publicado no grupoSem título 75 publicado no grupoSem título 76Sem título 77 1Sem título 78Sem título 79Sem título 80

Sem Título 61-70

Sem título 61Sem título 62  publicado no grupoSem título 63Sem título 64Sem título 65Sem título 66  publicado no grupoSem título 67  publicado no grupoSem título 68Sem título 69  publicado no grupoSem título 70

Poema às sardas

“Porque um rosto sem sardas é igual a um céu sem as estrelas”
Natasha  Bedingfield

 

Ali elas estão,
desafiando a brancura láctea de sua pele

Sardas audazes navegando em

esquadra no grande mar de beleza de seu rosto

Elas surfam nas ondas poderosas de cada sorriso seu


Guiando-se pelas constelações de seus olhos,

elas buscam a terra prometida de seu coração

 

 

Sem Título 51-60

Sem título 51Sem título 52 publicado no grupoSem título 53Sem título 54Sem título 55 publicado no grupoSem título 56Sem título 57  publicado no grupoSem título 58Sem título 59Sem título 60 1  publicado no grupo

Surrealidades 5

Na névoa da manhã pairam

afiados como ausências

estilhaços da noite